Google e SpaceX firmam acordo para internet via satélite

A internet banda larga via satélite Starlink agora vai contar com a parceria fechada entre a SpaceX, companhia de Elon Musk, e a Google. Nesta quinta-feira (13), a empresa do bilionário sul-africano anunciou a parceria com a big tech para fornecer o serviço para os clientes.

O acordo entre as duas empresas fará com que as estações terrestres dos satélites Starlink utilizem os centros de dados da Google, para facilitar o acesso à nuvem e à internet. Com o serviço, a SpaceX promete internet de alta velocidade, sem passar por infraestrutura terrestre.

A presidente e diretora operacional da SpaceX, Gwynne Shotwell, destacou o orgulho em trabalhar com a Google para oferecer o acesso tanto a empresas como organizações do setor público e outros grupos. “A combinação de alta velocidade e baixa latência do Starlink com a infraestrutura e os recursos da Google proporcionará às organizações em todo o mundo a conexão rápida e segura que elas esperam”, disse.

Kit do terminal da Starlink. Imagem: Divulgação

A oferta da internet já com a parceria entre as companhias deve ficar disponível no segundo semestre deste ano. O vice-presidente de infraestrutura da Google Cloud, Urs Hölzle, afirmou que a parceria vai permitir que as organizações usuárias da rede tenham “acesso fácil, seguro e rápido aos aplicativos e serviços de que precisam para manter suas equipes funcionando”.

A Starlink tem em órbita 1.620 satélites e a meta da SpaceX é ter 1.680 em sua constelação. A empresa de Elon Musk espera oferecer cobertura no Brasil “no final de 2021”. Até agora, mais de meio milhão de pessoas solicitaram o serviço pelo mundo.

O custo inicial para cada usuário da internet banda larga Starlink é de US$ 499 (R$ 2.646,70) pelos equipamentos e US$ 50 (R$ 265,20) para envio, além de US$ 99 (R$ 520) de mensalidade, mais taxas. Ainda é possível solicitar o serviço no site da empresa.

Fonte: https://olhardigital.com.br/2021/05/13/ciencia-e-espaco/google-e-spacex-firmam-acordo-para-internet-via-satelite/